Dicas e Capacitação

Gestão & Tecnologia

Atualizada em 28/06/2021 às 15:12
Por Redação

O pulo do gato para criar produtos e serviços com alta consumibilidade


Ter um produto ou serviço que venda bem e que seja o desejo de compra dos seus clientes é o sonho de qualquer empresário. Mas, será que existe uma fórmula para isso? A resposta é sim! 


Antes é preciso entender as etapas para a criação de um novo negócio. E a primeira etapa que este artigo abordará é a do momento da inspiração. 


O grande pulo do gato empresarial para um negócio altamente rentável é reunir ideias a partir de problemas, de necessidades e das dores de mercado. Começando por este princípio, você terá melhores condições de realizar uma ‘prova conceito’ para o potencial do negócio e validar sua ideia.


Uma vez escolhida a ideia do produto ou serviço que se proponha a resolver um problema, uma necessidade ou uma dor do seu cliente, imergiremos no mundo imaginário para traçar algumas diretrizes para a nossa proposta. Nosso objetivo é visualizar algumas situações. Agora eu te pergunto: você já tem o produto ou serviço em mente? Sim? Ótimo!


Defina quem serão os seus potenciais consumidores. Existe uma classe social específica que você vai direcionar seu produto ou serviço? Existe uma idealização da pessoa que consumirá seu produto ou serviço? Nesta fase definiremos ou vislumbraremos o cliente. Alguns chamam de persona, outros o chamam de público alvo e outros chamam de avatar. Eu sei que ao ler esse artigo, sua mente já deve estar fervilhando. Vá anotando tudo. Vejamos outras perguntas.


Agora com essa ideia mais lapidada, podemos pensar mais um pouco sobre o produto a ser desenvolvido. Veja meu exemplo de persona: meu produto será direcionado para pequenas empresas que ainda não possuem uma automação completa com sistemas de integração e que necessitam enviar inúmeros boletos mensais para os seus clientes.


Qual o modo típico que minha persona realiza esse processo? Algumas empresas não possuem nenhum sistema financeiro capaz de realizar esta integração, fazendo com que seja necessário gerar os diversos boletos (usando um programa específico) salvá-los numa pasta no computador e depois enviá-los um a um para os clientes (usando outro programa específico).


Qual a sua necessidade real? ter um sistema que automatizasse esse processo. O sistema deverá identificar quais usuários possuem pagamentos para esta semana e de forma automática deverá gerar o boleto e enviá-lo por e-mail. 


Então, o pulo do gato é criar um sistema web que seja possível cadastrar diversos usuários com valores e data de pagamento e que este sistema seja inteligente ao ponto de realizar a geração do boleto e o envio para o cliente com uma semana de antecedência do dia do seu pagamento, inclusive esse sistema deve ser capaz de se conectar com o banco e atualizar os pagamentos que foram feitos no dia anterior e realizar a baixa nos boletos dos clientes. O que achou da ideia? 


Existe um potencial disruptivo nessa ideia? Quais são os diferenciais que o seu negócio pode prover para seus clientes? O diferencial será muita das vezes o ponto de desempate quando o cliente estiver negociando. Ter esse truque dentro da manga é um fator que agrega valor ao seu negócio.


Agora vem a pergunta para fechar com chave de ouro esse momento: Qual o conhecimento de mercado que você e seus sócios têm? Ter conhecimento do mercado é essencial para você pular obstáculos e acelerar seu desenvolvimento empresarial. É nesse momento que muitos recorrem aos consultores empresariais para ajudarem nesse gap, nesta lacuna. 


Apresente sua ideia para algumas pessoas e escute quais são os pontos positivos e negativos. Faça os ajustes necessários e submeta-os novamente à discussão. Esta metodologia que estamos apresentando aqui, faz parte de um estudo do Modelo Enxuto de Negócios Canvas, que daremos continuidade em nossas próximas publicações. Até lá!


Dúvidas? mtgsjr@gmail.com


Marcos Tulio Gomes - Gestão & Tecnologia

Marcos Tulio Gomes atua nas áreas de tecnologia há mais de 25 anos e gestão há cerca de 10 anos, tendo construído uma carreira sólida em infraestrutura, desenvolvimento de sistemas, gestão da tecnologia da informação e segurança de redes de computadores. Em 2014 construiu seu próprio sistema operacional Linux quando estudou no IFPB e chegou a receber prêmio de melhor projeto robótico do Robot Mercury Challange, juntamente com a equipe de robótica do IFPB. Desde agosto de 2014 vem atuando no mercado acadêmico de João Pessoa ensinando em diversas faculdades nos cursos de gestão e tecnologia.


Relacionadas

Novas atualizações

Mais lidas