Destaques

Atriz Mayana Neiva conta como a presença de um cuidador foi significativa na vida de sua família

Publicado em 07/06/2024 às 14:01
Por Redação

Conversar, escutar música e passear ao ar livre – assistência profissional envolve mais que rotina


“Nós queríamos uma atenção diferenciada, pois meu avô era uma pessoa muito inteligente e desejava alguém que, além de auxiliar com os cuidados técnicos, fosse capaz de interagir com ele” – foi a partir desse cenário que a atriz Mayana Neiva teve a missão de encontrar alguém que pudesse prestar assistência a seu avô, José Neiva Freire. Para sua família, era importante que a pessoa que o acompanhasse fosse alguém que pudesse fazer parte do dia a dia, não somente como um prestador de serviço, mas como um membro da família.


Esse tipo de busca tem sido cada vez mais presente no segmento de healthcare, revelando a expansão do setor. Para Jéssica Ramalho, fundadora da Acuidar, (rede contratada por Mayana), esse aprimoramento na oferta de cuidados é reflexo de uma mudança na visão do serviço. “O cuidador é mais que alguém que está ali para dar banho e ajudar na alimentação, é uma companhia que estará com o assistido em boa parte de seu dia”, explica. “Por isso, contar com pessoas que possam oferecer apoio emocional e estejam abertas a desenvolver um laço com seu paciente, é essencial”, completa.


No caso da família Neiva, a escolha foi certeira. Patrícia Barbosa, cuidadora que acompanhava o avô da atriz, já falecido, segue na família, agora acompanhando a avó Maria Eulália Freire. “Ela escutava música com ele, olhava o mar e ouvia seus desabafos. A Patricia criou uma parceria única com meu avô, é um trabalho surreal e incrivelmente especial”, aponta Mayana. 


Como escolher profissionais de qualidade?

Entre 2012 e 2022, houve um crescimento de 547% na quantidade de cuidadores de idosos no Brasil, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Esse aumento reflete a crescente demanda por esses profissionais, que se reflete na expansão de redes do setor. A Acuidar, por exemplo, assumiu o posto de maior franquia de cuidadores especializados da América Latina, alcançando este feito devido aos mais de 2,6 milhões de serviços prestados.


Esse crescimento vem acompanhado do constante aprimoramento e garantia da qualidade dos profissionais. “Um bom cuidador é aquele que vê o paciente como uma pessoa em sua totalidade, indo além da mera prestação de serviços técnicos. Ele entende que cada pessoa tem uma história, necessidades emocionais e sociais, e dignidade que devem ser respeitadas”, esclarece Jéssica. “Assim, se proporciona um cuidado que não se limita a tarefas rotineiras, mas que inclui atenção à saúde mental e bem-estar emocional do paciente”, conclui.


Sobre a Acuidar

Fundada em 2016 pelo médico Vitor Hugo de Oliveira e pela fisioterapeuta Jéssica Soares Ramalho, a rede oferece serviços no domicílio do cliente ou durante acompanhamento hospitalar, com opções de diárias avulsas e planos mensais. A marca entrou para o mercado de franquias em 2020, contando hoje com mais de 160 unidades inauguradas. O investimento inicial total é a partir de R$ 24 mil (já com a taxa de franquia), o faturamento médio mensal é de R$ 60 mil e o prazo de retorno é de 6 a 15 meses. Saiba mais em: https://www.acuidarbr.com.br/.

Relacionadas

Novas atualizações

Mais lidas